sábado, 11 de janeiro de 2014

O próximo bar


... "Decidiu que não esperaria mais por ele. Por que insistir em esperar por algo que não chega? Simplesmente odiava quando o sono não vinha. De vestido azul klein, decote profundo, cabelos soltos, batom vermelho e salto agulha, seu destino seria a noite."...

O texto na íntegra você encontra aqui.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

O novo nome - Manuscritos do Mar Azul



Nome é um coisa que ninguém muda. Nome de gente, de rua, de livro, de mar. Mar Vermelho, Mar Morto, Mar Cáspio. Mas isso aqui é blog. O ano mudou, eu mudei também, mudo todos os dias, e quero mudar o nome desse mar. De agora em diante, vai chamar Manuscritos do Mar Azul. Não é original, eu sei. Mas quem se importa com isso? Ele continua sendo meu e de quem quiser mergulhar por essas páginas. Mas quero cor nesse mar. E gosto de azul, já deu pra perceber. E gosto de mudar, gosto de reinventar. E assim, se faz. Azul. Mar. Manuscrito. Que garrafa virá na próxima onda?