quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Sobre meninos e violinos


O menino, na calçada, toca violino.
A multidão apressada, passa.
Há os que se encantam.
Há os que nem veem.
Alheio a isso, ele continua.
E eu penso: enquanto houver meninos e violinos, há esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Responderei ao seu comentário em seu respectivo blog.
Até mais!