domingo, 27 de maio de 2012

1000 vezes feliz


Olha só, chegamos a 1000 acessos! Meu mini blog, caderninho tecnológico dos meus textos, completa uma marca bastante significativa e já não é tão mini assim. Estou contente por ser lida. E também por ter vencido a timidez em expor meus filhotes, paridos às vezes com muita dificuldade, quando a vontade de escrever não vem muito clara, e não sei bem o que quero abordar, não encontro o tom do texto, não acho o corpo que quero dar. Mas todos, os fáceis e difíceis, são escritos com muito carinho. Entre a fantasia e a autobiografia, assumindo seres e sentimentos imaginários como a mim mesma, vou construindo o meu pensar, o meu sonhar, o meu universo poético. Que alegria! Mais uma vez, vamos brindar! Porque há dias em que a vida fica devagar e traz uma tristezinha. Mas há outros, em que ela pede para ser brindada, passando feliz, trazendo afeto calminho, carinho gostoso, amor companheiro, motivação duradoura, trabalho bom, novidade empolgante, projetos iluminados, gente bacana. Foi assim que ela trouxe você até aqui. Pegue a sua taça. Depois, quando quiser, volte a mergulhar nesse mar. Obrigada a todos! Adoro escrever nesse blog!

2 comentários:

  1. Parabéns!
    Fora de tempo, eu sei.
    Mas a tempo, arrisco dizer.
    Assim que conheci os textos da Florbela Espanca, dei-lhe os parabéns. E já eram tantos os anos passados da sua morte (física, claro).
    Daí, eu crer que ainda estou a tempo deste Parabéns!


    ResponderExcluir
  2. Sim, é a tempo, rs. Até porque, não é finda a minha vida física, rs. Fico feliz de receber parabéns assim como Florbela, que tem uma poesia belíssima. É um grande elogio! Obrigada!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Responderei ao seu comentário em seu respectivo blog.
Até mais!