segunda-feira, 19 de março de 2012

Amor eterno amor


Novela bacana essa das 18h... Entra em um Brasil que o Brasil não conhece... Leva aos lares o que eu tive o prazer de conhecer: o Pará, a ilha de Marajó, as belezas de um lugar quase intocado, repleto de lendas, temperos e sabores, perfumes e águas de cheiro, ritmos e cores. O Pará é tudo isso. É um coração pulsando vida, habitado por uma gente amiga, hospitaleira, cercado da floresta mais linda e cheia de vida que vi, cujo som jamais esquecerei. Se você não sabe como é, arrume suas malas, mochila, o que for, e vá até lá para conferir. O som da floresta Amazônica é o som de muitas cigarras, todas juntas, cantando... Cicicicicicicicicicicici... Ah! Meu amor eterno amor àquela terra, àquele lugar, àquele santuário. E pensando nisso tudo, nessa saudade que bate agora, de quando explorei aquele território, sinto que a estrada está me chamando novamente... Só preciso descobrir qual destino me chama.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Responderei ao seu comentário em seu respectivo blog.
Até mais!